Cure o mundo!



Fácil apontar o dedo e dizer: você não acrescenta nada no mundo.
A questão é que pessoas que apenas apontam outras pessoas não se preocupam em acrescentar alguma coisa, em mudar alguma coisa, em fazer, nem que seja só do seu mundinho pequeno, um mundo melhor?
Me revolta quando viram pra mim e me dizem que estou, aqui com o Linda, alimentando o mundo da futildade feminina. O que há de mal em criar um "diário" sobre mim, sobre minhas coisas, se com isso não prejudico ninguém?
Tem tanta gente que só se sente bem ao agredir outras pessoas. Agressão moral, física, verbal. Causam, todas, o mesmo efeito.
Por que será que todo mundo está interessado se a janela do vizinho está mais suja do que a própria janela? Seria bom que cada um limpasse a sua, quem sabe enchergasse a do outro mais limpa também...
Tanta gente criativa nesse mundo, por que se preocupar com a minha falta de criatividade?

Hoje eu acordei meio "Heal The World" (Cure o mundo). Grande Michael deixou isso pra gente!
É uma música que, mesmo pra quem não entende inglês, consegue entender o sentido da música.

To postando isso aqui pra mostrar que minha ideia não é só manter o Linda por fora das pessoas. Ser Linda é uma coisa plena, profunda, vem de dentro. A casca da árvore, pode aprodrecer. Mostre o que você tem de bonito por dentro!

Esse é o link do vídeo traduzido de Heal The World:


"Cure o mundo
Torne-o um lugar melhor
Para você e para mim
E toda a raça humana"

Beijos, pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar saber sua opinião!