Amor próprio, sabe?

Olá meninas, tudo bem com vocês? Segunda-feira pós feriado e cá estamos nós. Eu gosto das segundas-feiras, não costumo reclamar delas, e você? 
No post de hoje nós vamos conversar... é, senta aqui e me conta como é isso pra você. 
Várias vezes conversando com pessoas do meu dia-a-dia me questionaram sobre o conteúdo das minhas postagens. Sempre comento aqui que não importa o tamanho do nosso corpo, a altura que a gente tenha, a idade que estamos, a nossa condição financeira, gostar ou não gostar de moda, maquiagem, sapatos. Importa, na verdade, que sejamos felizes da maneira como estamos. O Linda GG, então, tenta promover isso. Você é feliz da maneira como você é? Você gosta de agir e se comportar da maneira que faz? 
É triste, mas existem inúmeras pessoas que sequer conseguem se olhar no espelho. Pessoas que se odeiam, que se mutilam, que sofrem por ser da maneira que são. 
Então fico pensando... será que não falta um incentivo para a pessoa se encontrar? Atribuir os SEUS significados ao seu corpo e então dar o primeiro passo para o amor próprio? 
Em cima disso, posto diversas maneiras que possam facilitar o encontro da pessoa consigo mesma. Não que roupas, acessórios, símbolos do feminino sejam responsáveis por isso, jamais! Mas, por outro lado, contribuem a aumentar a autoestima, favorecem a pessoa a se olhar no espelho e perceber "essa sou eu". 
Como um corpo que é seu, está com você desde que nasceu e carrega as marcas/lembranças da sua vida podem ser fonte de sofrimento? Será que não estamos sendo passivos demais diante das imposições da sociedade?
Sobre isso é que vem os comentários de algumas pessoas... se eu contesto isso, porque eu divulgo roupas, tendências, truques? 
A resposta é curta e bem simples. Porque EU, Amanda Bragion, adoro esse tipo de coisa e o blog reflete a pessoa que eu sou. 
Eu uso manequim 46/48, tenho barriga, estrias, celulite, flacidez, marcas de expressão, e adoro meu corpo. Adoro "enfeitar", produzir esse corpo, e me divirto fazendo isso. 
Sinto-me satisfeita quando me arrumo. 
Aí vem alguém e aponta: olha lá você se contradizendo. 
Seria uma contradição sentir-me satisfeita quando me arrumo se eu fizesse isso para os outros. Pessoas, amigos, namorado. Se eu fizesse o que faço me arrumando para agradar os outros, não a mim. Ao contrário disso, eu me arrumo por mim, para mim, pelo meu próprio gosto de me apresentar assim. Faz parte do meu jeito, do meu temperamento, do meu estilo. 
Adoro olhar no espelho e pensar "uaal, mesmo sendo gordinha, eu sou bonita e existe um universo de possibilidades para mim". 
Esse universo de possibilidades não são os outros que oferecem a mim, sou eu mesma que me ofereço. Por ser satisfeita comigo, me sinto bem usando até mesmo aquilo que as revistas insistem em me dizer que "não são feitas para o meu corpo".
Cada vez que olho no espelho é como se meu reflexo dissesse: Oi linda, você vem sempre aqui?!
Sim, eu venho. Nosso próximo encontro está marcado daqui cinco minutos.
É cruel, é triste lutar contra um inimigo não palpável. Não é o espelho o seu inimigo, é você mesmo. Como tentar conciliar isso? Como promover um encontro pacífico entre você e seu corpo?
Não sei, isso só você pode dizer... mas adianto, terapia psicológica pode ajudar muito. Será que é o seu caso?!
Quero dizer, portanto, que sentir-se bem consigo mesmo não depende dos outros, da moda, as tendências, das coisas. Depende do seu encontro com você e da maneira como você atribui significados ao sou corpo. 
Esse encontro do Eu e o Meu corpo é, sem dúvida, o primeiro passo para o amor próprio. 

Fiz um vídeo enquanto me arrumava para sair no final de semana para ilustrar essa postagem. Eu aproveito e curto os meus momentos comigo, aproveito a música, aproveito a expectativa do passeio. 
Assistam, reflitam, e me contem o que pensam sobre isso.


Para melhorar a qualidade do vídeo, clique na engrenagem na parte inferior do vídeo e coloque 360 ou 480.
 

Amor próprio. O que você pensa sobre isso? Já encontrou o seu?

Comentem!
Um beijo e ótima semana.

14 comentários:

  1. Lindo texto! Concordo com vc, que a gente tem que se amar em 1º lugar, mesmo que em alguns dias isso seja quase impossível, hehehe!

    Lindo vídeo, amei a make!

    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Bella. Adoro te ver por aqui!
      As vezes sinto necessidade de falar sobre isso..
      Obbrigada pelo elogio

      Beijos!

      Excluir
  2. oie... eu ando in love comigo mesma, to me adorandoooooooo, sabe? amor próprio, agora to feliz comigo mesmaaa
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto de te ver assim, Fabi.

      Beeijos

      Excluir
  3. Amanda, forte e bastante reflexivo seu post. Adorei..resumo que amor- próprio é a primeira coisa que devemos ter e cuidar de nós, para nós e não para agradar o outro ou a sociedade. Acho que devemos nos aceitar do jeito que somos, só acredito que o cuidado conosco passa também pela saúde e o excesso de peso é algo que contribui bastante para futuras complicações e doenças associadas ao excesso de peso.
    Parabéns pelo seu blog, já estou te seguindo.
    Um grande abraços.Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida!!
      Pois é, a gente se amar dá vasão pra gente se conhecer e saber qual é o nosso limite.
      Obrigada pelo comentário positivo.
      Um beijos

      Excluir
  4. Oi Amandinha, gostei bastante do texto
    Acho que precisamos nos amar em primeiro lugar, se nós não fizermos isso nada funciona e ngm pode fazer isso pela gente.
    Ser feliz do jeito que somos, com o que temos é primordial.
    E se algo nos incomoda é só correr atrás, ter força de vontade que o céu é o limite, rs
    Não gosto e não aceito esse padrão que a sociedade impoe, eu sou feliz com o corpo que tenho.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ser né July? É a regra básica!!
      Beijos!

      Excluir
  5. Não é o espelho o seu inimigo, é você mesmo. ADOREI ESSA FRASE. vc disse tudo temos que estar bem com nós mesmo e nos amarmos quem tem que gostar de mim sou eu. Demorei p aprender isso, queria emagrecer p/ ficar bonita p/ as outras pessoas e não conseguia, no dia que determinei que eu queria emagrecer por mim p/ eu mesma me sentir bem tudo fez mais sentido e a sua frase tem todo um efeito na minha vida pq o espero começou a me mostrar como eu era bonita. Sempre leio teu blog, mas gosto de ver as postagem de roupas hoje parei p/ ler e me identifiquei. tenho um blog tambem só tenho uma seguidora :) que é uma das minhas melhores amigas rsr mas entra lá depois e dá uma olhada quem saber gosta do que escrevo tambem. Se cuida bjim e que papai do céu te ilumine muitooo . MEU BLOG É http://vaificarassim.blogspot.com.br/


    Ha e tomei a liberdade de ´pegar uma frase tua aqui no teu e postar no meu,
    Mas se n gostar eu tiro ok. bjim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karine, que alegria te ver aqui e ver que o meu texto teve efeito sobre vc.
      Fico muito feliz com o seu comentário. Obrigada pela visita e volte sempre.
      Beijos

      Excluir
  6. Adorei o post, pude ver tudo tudo tudo o que eu acho nessas linhas! Amanda, quer ser minha amiga AHAHAHAA?
    Beijinhoos e que você continue com esse blog pra sempre e n seja só de promessas como eu. hihi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahh hahaaha que linda!
      Claro que quero ser sua amiga rs... que bonitinha que vc é! rs
      Espero mesmo sempre continuar com ele. Claro que na medida em que eu vou amadurecendo, ele vai junto... então não sei que rumo esse blog vai ter, mas continuará com esse mesmo princípio sempre.
      Beeeijos

      Excluir
  7. Anônimo6/6/13

    Amandinha, belo texto!
    Adorei o vídeo, mas poderia ser um vídeo tutorial né?
    Maquiagem lindaaaaa!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs Obrigada pelo comentário e pelo elogio hehehe
      Quem sabe tutoriais virão um dia, né? Mas eu não tenho equipamento necessário pra isso atualmente :(

      Volte sempre!

      Beeijos

      Excluir

Vou adorar saber sua opinião!