10 dicas para quem quer um namorado e não está conseguindo.

Muitas e muitas vezes vejo amigas, leitoras, pessoas que eu acompanho na internet, se queixando de que está difícil conseguir um namorado ultimamente. A maioria dessas pessoas atribuem essa dificuldade ao preconceito contra a pessoa gorda, ao estereótipo de não atraente que a mulher gorda tem. E, sim, isso de fato existe. Existem muitos homens que não assumem gostar de mulheres gordas com medo da pressão social que irão sofrer, com vergonha de apresentar para os amigos, pela falta de coragem de apresentar para a família alguém diferente do estereótipo de mulher desejado para ele. Mas, gente, se o cara que te faz brilhar os olhos é desse perfil aí, considere-se com muita sorte por não se relacionar com ele. Você não precisa (E NÃO DEVE) ser escondida por uma pessoa que não tem coragem de não te assumir. Você não precisa se sujeitar a namorar uma pessoa que tem vergonha de te apresentar para os amigos só por medo de ficar sozinha. 
Por outro lado, existem muitos homens que AMAM mulheres gordinhas, com curvas, dobrinhas, e eu nem estou falando dos fetichistas, não. Existem aqueles que realmente acham nosso corpo bonito. Existem também os que não se importam se a mulher é gorda ou magra, e se relaciona com aquela que faz com que ele se sinta bem. 
O que eu quero dizer é que no mundo existe gente de todo tipo, com todos os gostos, com todos os defeitos e com todas as qualidades. Então, se está difícil encontrar um namorado legal e VOCÊ QUER um namorado, talvez seja o momento de pensar em algumas coisas. 
A responsabilidade por um casal não se formar nem sempre é do outro, é preciso olhar para nós também, para que possamos encontrar nossas qualidades e nossas fraquezas, e possamos lidar com elas. 
A primeira coisa a se pensar é: Você acha todos os caras que você vê bonitos? Acha todos atraentes? Namoraria com qualquer tipo de homem? 
Não importa quais sejam os critérios, mas a gente sempre tem um. Eu, por exemplo, gosto de homem com cara de banho tomado. Esse é o meu critério inicial e o mais importante, aquele que olho primeiro. Sabe aquele homem cheiroso, com cabelo limpo e arrumado, barba feita e bem vestido? É de cara assim que eu gosto. 
Então, se eu me permito selecionar, eu preciso me permitir ser selecionada. 
Não são todos os homens que vão me achar bonita, não são todos os homens que vão sentir atração por mim, não são todos os homens que vão gostar do meu perfil e das minhas características de personalidade. E isso é mais do que natural. 
Para que duas pessoas se relacionem, uma precisa ser, de alguma forma, atraente para a outra. Existe quem vai valorizar a inteligência, existe quem vai valorizar a beleza, existe quem vai valorizar o nível social, existe mil motivos para uma pessoa querer a outra e isso diz respeito a ela. 
Tem muito cara babaca? Tem sim. Mas tem muito cara legal também. E se você não está achando, pode ser que esteja procurando no lugar errado, esteja se relacionando com os caras errados, ou não esteja parando para olhar pra você da mesma forma como você olha para o outro. 
Muitas vezes pequenas formas de agir podem se tornar grandes problemas na hora de se relacionar com alguém. 
Pensei, então, em algumas dicas que podem te ajudar nesse processo ou então podem te ajudar a pensar em alguns detalhes que atrapalham demais nesse momento.



1. Saia de cima do muro!
Se você gosta de alguém, invista nessa pessoa. Não importa se a ex namorada é magra e você acha que isso é uma vantagem sobre você. Não importa se ele é o cara mais bonito da turma. Não importa as diferenças que vocês tenham. Também não fique esperando a pessoa adivinhar que você esta afim, nem sempre o outro entende a indireta, o olhar... se aproxime, seja gentil, sinta se o cara te dá liberdade ou não, se for cabível, faça um elogio sincero (adoro o seu sorriso, como você está cheiroso). Não fique esperando que o outro faça por você aquilo que você está com vontade de fazer. 
Ele não tem obrigação de te dar oi, de dar bom dia, ou seja lá o que for que você estiver esperando que ele faça primeiro. 

2. Seja auto confiante!
Porque se nem você acreditar no seu potencial, ninguém no universo vai acreditar (nem sua mãe). Ao invés de valorizar suas dificuldades, valorize seus potenciais. Se você se acha bonita, faça com que o cara te veja da forma como você se vê. Seja segura de si, não fique se escondendo. Você não precisa de uma roupa que te esconda, não precisa de luz apagada, não precisa de lugar pouco movimentado para que não vejam vocês juntos. Permita que o cara te descubra, e te admire do jeito que você é. Permita que, quando você quiser, ele te toque e sinta seu corpo da forma como ele realmente é. 

3. Seja verdadeira!
Ninguém sustenta um perfil falso por muito tempo. Não adianta você vender uma princesa, se por dentro você se sente um sapo. Não finja que você é rica, se você não for. Não finja que você é descolada e baladeira se, no fundo, você prefere passar seu final de semana assistindo netflix. Ria alto, fale alto, gesticule... seja quem você realmente é com todas as outras pessoas do mundo. Faça com que a pessoa se apaixone pelas suas características reais, porque se for falso em algum momento a pessoa vai sacar isso e vai pular fora. 

4. Não seja chata!
Você tolera por muito tempo um cara chato? Então por que você acha que o cara tem que te aguentar? Frescurinha, reclamação de tudo, não gostar de nada, ser hiper seletiva, tratar mal os amigos do cara, ficar de cara feia na balada porque ele cumprimentou uma pessoa conhecida. Seja leve, esteja aberta, não queira discutir o relacionamento no segundo encontro. Se agir naturalmente pra você é sinônimo de ser chata, volte pro item anterior e mostre pro cara que você é chata mesmo, e se ele quiser vai ter que ser assim. MAS NÃO FAÇA PARA O OUTRO AQUILO QUE VOCÊ NÃO GOSTARIA QUE FIZESSE COM VOCÊ!

5. O tempo certo para as coisas acontecerem é o SEU tempo.
Esquece essas regras de revista. Mais uma vez, seja leve! Se você precisar demorar seis meses pra pegar na mão do cara, ok. Mas se quiser transar no primeiro encontro, ok também.

6. Ele está saindo com você porque ele quer!
Então relaxa e curte o momento. Sua cinta modeladora só diminui 2 cm da sua barriga, ele sabe que você é gorda, e mesmo assim quis você. Porque ele gosta, porque ele não se importa, porque não faz diferença. Se você quer que ele goste de você exatamente do jeito que você é, você também precisa gostar de você exatamente do jeito que você é. 

7. Seja flexível.
Vocês estão se conhecendo, se permita conhecer os hábitos dele. Se não gostar, quando ele sugerir de repetir aquele programa, você diz que não gostou e sugere um programa melhor. Conheça os amigos dele, conheça os lugares em que ele frequenta, e o convide para conhecer as mesmas coisas sobre você. Nossos hábitos dizem muito sobre nós, e essa maleabilidade pode te mostrar muita coisa que ele, no momento da conquista, não está querendo te dizer. 

8. Se respeite.
Você sabe os seus limites e sabe até onde você pode ir. Se você não suporta balada, você não precisa ir pra balada só porque o cara quer que você vá, sugira outro programa. Se você não usa salto nunca, não se force a usar só porque dizem que é mais elegante. Se você não usa determinado tipo de roupa, não come determinado tipo de comida, não gosta de um comportamento que ele tem com você: saiba dizer NÃO! Você não é obrigada.
Da mesma forma que você precisa gostar da pessoa do jeito que ela é, essa outra pessoa também precisa gostar de você do jeito que você é. 

9. Não tenha vergonha de você!
Se dê o valor que você merece. O cara te chamou pra passar um final de semana na praia e você está pensando em recusar pra não ter que vestir biquíni na frente dele? Se vocês tem um nível de intimidade pra ele te chamar pra um programa desses ele já sabe que você é gorda e te quer lá, gorda desse jeitinho, lá com ele. Não tenha vergonha de comer na frente dele, não tenha vergonha de dançar na frente dele. Se ele for um babaca com relação a você e o seu corpo, ele já vai se mostrar um babaca no primeiro encontro com aquele papinho gordofóbico. Nesse caso, pé na bunda dele!

10. NUNCA MUDE O QUE VOCÊ É POR NINGUÉM!
Nem por amiga, nem por namorado, nem por motivo nenhum. Quem te ama de verdade te quer e te aceita do jeito que você é. Levanta sua cabeça e mostre para o mundo o seu potencial. Ser gorda não é defeito!

Na hora de conhecer alguém fique de olho nele, mas olhe pra você também. Se permita e seja muito feliz!

5 comentários:

  1. NahLaurentino14/2/16

    Era pra mim? Kkkkkkkk #soacho adoreeeei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha esse tiro vai acertar muita gente!

      Excluir
  2. Anônimo15/2/16

    4. Não seja chata!

    Bah esse é o PIOR de todos ! Não há quem suporte isso !

    ResponderExcluir
  3. Anônimo15/2/16

    2. Seja auto confiante!

    Tem que chegar chegando ! Guria gordinha tem que SABER e MOSTRAR que é A gostosa, ai é ALUCINANTE ! ;)

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei esse post! Não estou solteira, mas tenho algumas amigas que estão e ficam se martirizando por isso! Acaba que o problema está mais na mulher do que no fato de encontrar ou não um parceiro. Tem que se gostar, ter auto estima elevada! Ser você mesmo e nunca mudar por ninguém! Beijos Amandinha!

    ResponderExcluir

Vou adorar saber sua opinião!