Quem faz o Linda GG?


Oii! Meu nome é Amanda Bragion, eu tenho 23 anos, psicóloga apaixonada pela profissão, e moro numa cidade do interior do Estado de São Paulo.
Sou uma gordinha bem resolvida com o meu corpo e divido sempre aqui no blog um cotidiano "plus" nada frustrante. Inspire-se!
Quer saber mais sobre mim? Leia uma entrevista que dei para o blog Beleza Sem Tamanho:

  • Entrevista para o blog Beleza Sem Tamanho:

Sempre foi gordinha ou não?  
Sempre! Quando criança a gente não entende muito o por que “ser gordinha é diferente” e acaba não se importando tanto com isso. Pelo menos na minha época era assim. Venho de família gordinha e isso sempre foi comum pra mim. Apesar de tudo isso, comecei a fazer tratamentos para emagrecer com 9 anos de idade e daí em diante o efeito sanfona se fez presente na minha vida. Hoje, com 19 anos, já tomei remédios pra emagrecer, já fiz tratamento com nutróloga, endocrinologista, nutricionista. Já fiz exercícios, já me esforcei e sempre fui do jeitinho que sou agora. Por causa disso, agora penso que se é pra ser assim, eu vou ser assim.

Já foi vitima de preconceito?
Sempre vai existir a pessoa que adora apontar o dedo pro outro. Foram raras às vezes, mas a única que eu lembro e a mais infantil de todas, foi quando eu já estava no ensino médio e um cara de 17/18 anos ainda não tinha percebido que todos somos diferentes. Mas eu nunca reagi, penso que o preconceituoso é uma pessoa frustrada consigo mesma e aponta no outro o seu próprio defeito. 

Tem dificuldade de encontrar roupas?
 Infelizmente o mercado da moda ainda não está totalmente voltado para nós. Encontrar roupas é bem contrabalanceado, tendo peças fáceis de achar e outras impossíveis. O que mais sinto dificuldade de encontrar são calças jeans, shorts jeans, saias. Eu só tenho 19 anos e quando vou comprar essas peças, querem me vender modelagens super velhas. É triste entrar em uma loja e ver que ali só vende roupa para magrinho; feliz é ver que isso está mudando aos poucos e que nós gordinhas, agora, somos a sensação do momento.

Como você lida com o fato de estar acima do peso?
Se eu pudesse escolher, eu não estaria acima do peso, não vou negar. Mas eu acho que me saio muito bem com esse desafio, se é que podemos chamar assim. É tudo uma questão de adaptação, tenho um pouco mais de cuidado pra usar roupas, de combinar cores… aliás, a idéia de que gordinho só deve usar tons escuros é totalmente ultrapassada. Assumo ser gordinha numa boa, adoro fotos, adoro me olhar no espelho e minha aparência, para mim, é ótima! 


De onde partiu a idéia de criar um blog e como isso afetou sua vida?
Eu já freqüentava alguns blogs dessa temática e parecia divertido ter um blog. Um dia, em 5 minutos, entrei no Blogger, criei minha conta, escrevi um texto de perfil e disse “vou ter um blog”. Mas até então, eu não tinha um tema definido, não tinha o foco que tenho hoje e isso foi se encaixando aos poucos, com dicas de uma ou outra pessoa que passava pelo Linda GG. Foquei na moda Plus Size e em maquiagens que é o meu grande hobbie. Falo que meu blog foi o grande acontecimento de 2010 pra mim. Conheci pessoas como eu, com as mesmas dificuldades e os mesmos gostos que eu. Hoje tenho um publico fiel e a cada dia chegam novas pessoas se identificando com o que faço, essa é a parte mais prazerosa. Até pedindo dicas essas pessoas estão. Acredita? Isso é fantástico! Antes eu tentava buscar o leitor e traze-lo até o blog. Hoje, o leitor vem ao Blog e me busca pra ajudar. Adoro essa interação.

Como tu define teu estilo?
Eu não tenho um estilo definido. Normalmente meu humor define meu estilo, mas se eu for pensar de uma maneira geral, tenho um estilo mais clean. Adoro roupa branca, tons nude, roupa fresca. A tendência liberty é a minha cara e eu já usava antes mesmo de virar tendência e ter esse nome rs. 

Qual dica você daria pra as gurias para se vestir bem e estar na moda?  
Meninas, usem a moda a seu favor. Transforme-a no seu estilo e adapte. Use cores, use decote, use bermuda, saia, vestido. Basta saber combinar e aceitar o seu tamanho real. Não comprem uma calça 44, se você veste 46, e assim por diante. Apesar disso, o importante é você se sentir bem. Se você acha que vai ficar bonito, se joga! 

Como surgiu o gosto pela maquiagem e como foi se aperfeiçoando? Isso vem de berço. Minha mãe sempre foi de se maquiar e sempre me deixou passar os batons dela, mexer nas maquiagens dela. Quando fui comprando as minhas próprias, resolvi aprender a fazer. You Tube, blogs com tutoriais não eram moda ainda, então eu aprendi da maneira rústica mesmo e ainda acho essa a maneira mais fácil pra se aperfeiçoar: praticando. Vai na frente do espelho e começa. Se ficar feio, tira e começa tudo de novo. Rapidinho você pega o jeito. Foi assim comigo. Hoje assisto vídeos pra me inspirar, pegar idéias e fazer em mim. 

Para compor uma make básica e uma make luxo o que não pode faltar?  
A maquiagem básica pede Rímel, Blush e Batom cor de boca, há quem substitua por gloss. Essa é pra todo dia, pra ficar com “carinha de saúde”. A maquiagem luxo pede jogo de cores, uma prática um pouco maior de quem vai maquiar. Adoro olhos bem marcados, rosto ilumiado, sempre tomando o cuidado pra destacar olhos e não boca, e quando destaca boca, não destaca olhos. Isso deixa a maquiagem mais valorizada, mais bonita, sofisticada. Esse é um dos assuntos que mais abordo no meu blog: maquiagem.


__________________
Mais dúvidas sobre mim?
Mande e-mail para lindaggblog@hotmail.com que eu vou amar responder!

Beijos

Amandinha♥